terça-feira, 10 de Agosto de 2010

Entrevista a Isabel Allende

«É mandona, ainda erra "muito", escreve poesia erótica e diz que o ponto G está na orelha. Foi um dos nomes maiores da Festa Literária Internacional de Paraty, e conversou com o i sobre o Chile e as suas letras.» Ler no jornal i.